Resumo de Julho

Eu tinha essa ideia inicial de escrever um post de metas para cada mês. Porém, dada minha dificuldade crônica com listas de resoluções (e depois de ler esse texto budista sobre ansiedade), achei que seria muito mais proveitoso fazer um balanço do mês que passou.
É quase um "cheat code" para a vida: se listas de coisas a fazer te causam muita apreensão, você vai anotando as atividades conforme as termina. Assim, além de me sentir mais produtiva ticando metas que já concluí (ha), ainda aproveito para deixar registradas todas as coisas boas ou não que aconteceram no último mês:


Participei da minha primeira festa patriota
Apesar de já ter passeado pela cidade durante o Memorial Day, o 4th of July foi a primeira comemoração norte-americana que participei de fato; com direito a parade, multidão, comida típica e fogos. Foi divertido e emocionante ao mesmo tempo, já que eu podia sentir o apego que as pessoas têm por essa terra, e suas tradições, a cada segundo. Pensei no quanto é esse amor incondicional pelo próprio país que cria a união capaz de superar muitas das tragédias que ocorrem por aqui, e o quanto eu queria levar só um pouquinho desse patriotismo para o meu país.


Abandonei um livro
Já fazia algum tempo que eu não tomava a triste decisão de largar uma leitura na metade. Mesmo durante o Claros Sinais de Loucura - a pior leitura de 2016 até agora -, eu consegui sobreviver até o final
pulando alguns parágrafos. Já o Under The Dome não teve jeito; eu entrava em desespero a cada cena irrelevante sendo descrita nos mínimos detalhes, enquanto o enredo simplesmente não evoluía. Para piorar, o livro não é dos menores, e, depois de páginas e páginas de enrolação, tudo que eu via era o Kindle acusar 1% de avanço. Como dizem por aí, a vida é muito curta, não sou obrigada, etc etc: decidi largar. Troquei para o próximo da lista, The Knife of Never Letting Go, que não é dos primores literários, mas definitivamente enche muito menos linguiça.

Pratiquei exercícios
Depois de todo o meu ode ao Pokémon Go no último post, admito que meu ritmo do jogo acabou decaindo um pouco. O motivo maior foram as péssimas atualizações, como o tracking que, ao invés de arrumarem, simplesmente excluíram do sistema. Sem vontade de sair por aí sem rumo, contando com a sorte para seguir qualquer coisa que não um Pidgey ou Rattata, acabei reduzindo as caçadas para uma vez ao dia.Ainda assim, o jogo me rendeu muitas corridas e caminhadas no mês, e eu amei poder aproveitar o verão, enquanto relembrava minha infância. Um dos dias mais divertidos foi quando levamos a filha de uma amiga para um evento de Pokémon no parque. Ela ficou tão feliz, que a mãe escreveu um texto de agradecimento super fofo no meu facebook <3.

"mas os jovens vão virar zumbis mimimi". Engraçado que nunca vi tanto movimento e socialização nesse parque :P

Testei uma receita nova
Ok, eu não sou exatamente uma amante da cozinha. Para falar a verdade, eu sou bem da turma do tem para comprar pronto? e só cozinho por obrigação (e para não morrer de fome) mesmo. Dito isso, em raros lampejos de motivação culinária, ainda acabo testando alguma receita nova ou sigo algum vídeo facinho do youtube. Eu adoro os videos da Tamara, porque as receitas são simples e bem explicadinhas, com ingredientes não muito difíceis de achar por aqui. Esse macarrão acabou sendo um sucesso aqui em casa, além de ser super prático e tomar pouquíssimo do meu tempo
e paciência.

Fotografei pores do sol
Também falei um pouco sobre isso no post do Pokémon Go: estar fora de casa jogando rendeu alguns pores do sol que eu sequer prestaria atenção em outras situações. Amei tirar fotos das montanhas com a iluminação do finalzinho do dia, além de conhecer parques novos e outras áreas verdes. Acho que, apesar de gostar bastante da neve, vou sentir uma saudade absurda do verão.

Ganhei uma viagem
Uma das notícias mais legais do mês foi, com certeza, ter ganhado uma viagem para a Disney/Universal, na Califórnia. Eu só conheço os parques de Orlando, e estou super animada para visitar o espaço novo do Harry Potter (e constatar se é igualzinho ao antigo mesmo). A viagem vai ser só daqui a uns meses, mas já estou aproveitando as dicas das amigas que foram e planejando em um roteiro legal para seguir :D.

mimos disneísticos que vieram com as passagens e ingressos

Eu até considerei a possibilidade de participar do BEDA esse ano, mas acho que a gente tem que saber reconhecer uma batalha perdida. Eu não ia me sentir bem tendo me comprometido com o projeto e, por falta de tempo, não conseguir cumprir. Ainda assim, estou acompanhando vários blogs participantes e amando essa movimentação.  Já fazia um tempo que a blogosfera precisava de uma sacudida mesmo. Torço muito para que isso motive várias pessoas a voltar/continuar com os blogs e que, quem sabe, larguem as newsletters de uma vez  :P.

5 comentários

  1. Textão é um saco, né? Textão sobre feminismo, textão sobre política, textão sobre série, textão sobre representatividade, textão sobre o dedo do pé. Quem tem tempo para ler tanto textão com cara de texto acadêmico? Eu gosto é de blogs pessoais. De ler sobre coisas simples do cotidiano, como a receita que você testou ou as fotos que você tirou. Ah, e esses mimos que você ganhou são tão fofos!!

    ResponderExcluir
  2. Estou com a minha xará aqui de cima. PACIÊNCIA zero pra textão. Ainda não tinha visitado seu blog novo, inclusive quando você declarou a morte do outro blog fiquei “nããããao! mais uma que se vai”.

    Sua casa nova é linda, Kari. Amo demais postagens assim e estou pensando em fazer esse recap de julho, porém na newsletter. Vamos ver. <3

    Ainda não aderi à moda do Pokémon Go (meu celular não tem espaço HEHE QUE RAIVA), mas estou tendo que levar meu irmão mais novo pra caçar uns aqui perto de casa. Adorei esse seu projeto de usar isso como esporte e não tinha visto por essa ótica. Esse fenômeno de ver várias pessoas caçando os pokémons é engraçado pra mim que sou só expectadora. Mas sou a favor de deixar o povo brincar feliz. JÁ ESTÃO TENDO TEXTÕES CONTRA e só de pensar me dá um sono horrível.

    Sobre abandonar livros: i feel you. Tenho uma relutância absurda pra abandonar porque VAI QUE FICA BOM. A vida já me ensinou que dificilmente fica e esse tipo de coisa é um erro porque acho que bagunçamos nosso hobby quando nos forçamos a ler algo que não gostamos, sabe. Então tô tacando o foda-se também, inclusive já troquei uns livrinhos que não consegui terminar de ler aqui na minha cidade pra não precisar encará-los na minha estante. É uma alternativa bem válida, viu?
    E fotografar pores do sol, não tem coisa mais gratificante, né? É o espetáculo da natureza mesmo.

    <3 Adoro seu blog novo. Já disse que tá lindo, né? HAHAH
    Beijos ��

    ResponderExcluir
  3. Sonho da minha vida é participar de um desfile assim de 4 de Julho, é tudo tão lindo e patriota, por aqui no máximo tem um desfile básico de 7 de setembro mas zero comemorações ��

    E fiquei chateada que tu não conseguiu terminar Under The Dome porque eu to pra começar a leitura mas to desanimada, agora então eu desanimei de vez heheheheh

    E nossa, Pokémon mal lançou no Brasil e já mais fiz exercício que toda minha vida HUASUHASHUASHU
    E quero fotos da futura viagem a Disney do oeste!

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Achei ótima a ideia de fazer uma retrospectiva de cada mês ^-^ Eu ia fazer de julho também, mas demorei e ia acabar misturando as coisas haha

    Eu ia adorar praticar mais exercícios, ainda mais com a ajuda do Pokémon Go, mas o meu bairro é bem ruim e cheio de ladeiras esburacadas. Até o pokestop mais próximo é meio longe T-T
    Vou ter que deixar para caçar mais quando for passear.

    Faz tempo que não tento uma receita nova. Eu gosto bastante de ver as da Panelaterapia pois não tem nada de muito complicado.

    Parabéns pela viagem! Imagino o quanto deve estar empolgada! Se prepare bem e registre o mais legal para compartilhar com a gente ^^

    Eu também tinha pensado em participar do BEDA, mas desisti antes do primeiro post! Ainda bem pois ainda não sou tão produtiva, por enquanto quero ver se posto toda semana.

    (*^3^)/~☆ Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhh também quero is pra Disney! Me leva miga ��
    E também quero caçar pokemons ai que parece muito ais legal! O primeiro fim de semana eu dei sorte de ir pra São Paulo e lá foi muito bom com mil pokestops e tal mas em Itatiba tem pouquíssimos! Ainda tenho sorte de morar no único bairro afastado que tem um e sempre ter uns 3 ou 4 pokemons até eu chegar na minha esquina!
    Adoreeei a dica do canal de culinaria porque também não sou exatamente a culinária, gosto de tudo fácil e rápido hahahhaa

    ResponderExcluir